Coaching de Comunicação para falar melhor

5 erros fatais numa entrevista jornalística

A preparação para o relacionamento com a imprensa, por meio do Media Training, é a melhor saída para o porta-voz que deseja se expor nos veículos de comunicação, em nome dele mesmo (no caso de artistas, atletas e profissionais liberais) ou da instituição que representa. Por isso, fique de olho nos enganos cometidos por quem dá entrevista e aprenda com as dicas:

1. Olhar para a câmera: como a conversa é com o repórter, olhe diretamente para ele.

2. Ser prolixo: a dica é para ser direto e objetivo. Vá direto ao assunto, sem fazer rodeios, nem o uso de muletas linguísticas (com certeza, então, veja bem, olha, na verdade).

3. Achar que é algo pessoal: entrevista não é ataque, portanto tente entender por que o repórter fez determinada pergunta e não se exalte.

4. Dar com a língua nos dentes e dizer algo diferente do discurso acertado com a instituição. Se não é hora de divulgar alguma informação, espere.

5. Pedir para ler a matéria antes da publicação: o jornalista precisa ter autonomia para escrever o que achar conveniente.

É claro que estes são só lembretes. Existem muitos outros macetes para compreender melhor como funciona a dinâmica da imprensa e aparecer bem na hora da entrevista. Você pode encontrar muito mais em Backstage: lições de Media Training em 31 histórias sobre os bastidores de entrevistas jornalísticas, livro de minha autoria que está à venda na Editora Comunica.

Consulte o  canal no Youtube para receber outras orientações.

Aurea Regina de Sá

Aurea Regina de Sá é jornalista e coach de comunicação, especializada em Media Training.

Comentar

AUREA REGINA DE SÁ

Jornalista e Coach de Comunicação, especializada em Media Training.

Saiba mais
Aurea na imprensa

Baixe seu ebook
agora e transforme a
sua comunicação!


Podcast da Semana

Siga-me nas redes sociais!

Alguns clientes