É preciso se comunicar bem para merecer AUTORIDADE

Tempo de leitura: 2 minutos

Muita gente confunde autoridade com agressividade na forma de se comunicar. É diferente também o significado de alguém autoritário daquele que transmite autoridade.

Autoritário é o ser que usa de sua posição hierárquica para se sobrepor a outro, inclusive com vocabulário e fala agressivos. Quem é autoritário nem sempre tem autoridade. Autoridade é um recurso concedido a qualquer pessoa por causa de sua posição (não status, apenas forma de se posicionar). Por conta da utilização de influência, a autoridade ganha destaque. Alguns alcançam esse PODER pra exigir obediência e cumprimento de ordens; outros merecem autoridade por respeito e prestígio.

Então, de zero a dez, qual é a sua autoridade nos grupos em que você circula? Você sabia que a sua autoridade está relacionada com a sua forma de se comunicar? Você não precisa de cargo, posto ou qualquer outro título para ter autoridade. A sua comunicação lhe dá o poder necessário para merecer essa autoridade.

Três elementos importantes contribuem para a formação desse conceito:

– A empatia, a capacidade de se colocar no lugar do outro, é um exercício fantástico que aproxima as pessoas, permite a conexão – não apenas comunicação – e facilita o entendimento. Claro que você passa a sentir (ou pelo menos tenta) o que o outro sente. E isso leva a outro ingrediente fundamental para a criação da autoridade:

– A prática das virtudes: uma pessoa que se preocupa em interagir de forma proveitosa com o outro pratica a humildade, a generosidade, a paciência e a tolerância. Quem está antenado para valorizar as virtudes e não os vícios nunca erra na dose, tem discernimento, bom senso.

– O terceiro elemento é o uso do tom da fala. Quem tem autoridade não berra, não eleva a voz, não tenta ganhar o poder no grito. Quem exerce a autoridade mesmo tem voz suave e ao mesmo tempo, firme. O tom de voz de quem tem prestígio é seguro, tem energia vibrante, de alguém que sabe o que quer e onde quer chegar. O som da voz é o termômetro pra avaliar quem tem autoridade por prestígio ou à força.

Portanto, autoridade é um processo que é construído aos poucos, de maneira consistente e verdadeira. É título conquistado, é mérito. Quem tem postura de autoridade ouve e é ouvido, a autoridade faz falta porque acrescenta, complementa, contribui.

Comece a avaliar seu nível de autoridade nas suas redes de contato. Exerça seu poder pleno de comunicação para convencer e conquistar as pessoas e, assim, ampliar seu poder pessoal.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *